:::: MENU ::::
4 mitos sobre faculdade a distância
O ensino a distância é uma modalidade de ensino que ganhou muito destaque e importância nos últimos anos, sendo uma alternativa interessante para quem pretende dar continuidade aos estudos com flexibilidade de horário e comodidade para o aprendizado.

Esse modelo de ensino permite que os alunos estudem através da internet, sem a necessidade da presença em salas de aula de forma convencional.

No entanto, muitos são os mitos criados a respeito de faculdades à distância, o que gera certas dúvidas a quem deseja iniciar uma graduação nessa modalidade. Esse texto tem como propósito esclarecer alguns desses mitos e encorajar os estudantes a optarem por fazer uma faculdade à distância.

Mitos sobre faculdade à distância

1. Faculdade à distância é mais fácil

Não exatamente. Os cursos a distância, assim como os presenciais, têm exames, trabalhos, frequência, notas mínimas e repetência, exigindo tempo e dedicação. Para muitos estudantes, contudo, a modalidade é mais fácil porque oferece mais liberdade para estudar em um ritmo diferente do tradicional.

2. diploma de faculdade à distância é diferente dos de cursos presenciais

Desde 1996 a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) prevê a existência de cursos a distância para a educação básica e superior (ensino médio, técnico, graduação e pós-graduação) e determina que seus diplomas tenham o mesmo valor que dos presenciais.

3. Faculdade à distância não é reconhecida pelo MEC

Os cursos à distância também possuem a avaliação do Ministério da Educação (MEC) e, assim como os cursos presenciais, devem possuir sua permissão para ser ofertado. Os cursos à distância possuem leis e decretos que regulamentam a oferta de vagas e diplomas para esse sistema de ensino e o diploma de um curso a distância não possui nenhuma distinção em relação a um diploma emitido em um curso presencial.

4. Provas são virtuais

Apesar de o nome amplamente divulgado ser "a distância", dando a impressão de que os cursos são integralmente remotos, as graduações de EAD (ensino a distância) exigem que parte do conteúdo curricular ocorra de modo presencial. A quantidade de aulas presenciais e a distância é definida pelo projeto pedagógico, mas as diretrizes do MEC indicam que provas, estágios, entregas de trabalho de conclusão de curso e atividades em laboratórios (para determinados cursos) são obrigatoriamente presenciais.

Em resumo, vários são os mitos criados em torno da modalidade de ensino a distância, quem ouve sobre faculdade a distância pode imaginar que ela possui menor valor que uma faculdade presencial, mas este texto desmitifica estes mitos e tem como objetivo incentivar o aluno na busca da sua formação profissional.

Fonte: Uol educação

Artigos relacionados:

Um comentário:

  1. Muito bom saber que a educação pode ser expandida a quem tem interesse e isso faz com que pessoas cresçam, bem como a nação, que necessita de pessoas preparadas para o desenvolvimento,e sem intelectualidade não há progressão. Parabéns pelo projeto.

    ResponderExcluir